quarta-feira, 4 de julho de 2007

Segundona: Artsul

Arquivo Tribuna da Bola
Promovido à segunda divisão do campeonato estadual no ano passado (2006), o bom desempenho do Artsul em competições estaduais ainda surpreende a muita gente, mas não é novidade para quem acompanha o cotidiano do futebol do Rio de Janeiro.
Com uma sede de 110 mil metros quadrados em Austin (Nova Iguaçu), onde funciona também seu belo e estruturado centro de treinamento, com 6 campos de futebol, o clube está ainda está construindo alojamentos para 48 atletas. Trata-se de uma estrutura digna de clube grande.

Fundado em 2001, o Artsul revela e lapida jovens que encantam altetas que encantam, no Brasil e no exterior. Ibson, Alemão e Rodrigo Souto são apenas três dos craques que formados pelo clube. Como insituição formadora, o Artsul está inscrito em todas as disputas das divisões de base da FERJ e seu trabalho, sério e dedicado, acaba de ser premiado com o título de Campeão Estadual da Segunda Divisão de Juniores. Com o título, o Tricolor da Dutra se classificou para a disputa da Copa São Paulo de Juniores de 2008.

Segundona:

Para a segunda divisão, foi apresentado o treinador Yglys Viana. Esta é a segunda passagem de Yglys pelo Artsul. No ano passado o treinador conseguiu classificar o clube para a segunda divisão, após excelente campanha na seletiva.

Yglys já comanda treinamentos e o tricolor se encontra em preparação para a disputa da competição. “Utilizaremos a base da equipe que foi campeã de juniores no último sábado. A base do Artsul é muito boa, o jogador do tricolor tem muita vontade e isso será um diferencial na competição.”, afirmou o treinador.

Arquivo Tribuna da Bola

“O Artsul é um clube formador de atletas. Tudo é pensado e planejado. A equipe que venceu o campeonato de juniores da segunda divisão no último domingo tem jogadores que jogam juntos a vários anos. Alguns se conhecem desde o pré-mirim.”, informou Angelo Medina, gerente de futebol do Tricolor da Dutra.

Angelo é outra contribuição do clube para o futebol carioca. O gerente do clube não veio do futebol e, por isso, experimentou novidades e trouxe modelos de sucesso, oriundos de suas experiências profissionais e de seu aprendizado cotidiano.

Se há segredos para o sucesso, planejamento e união são os segredos que movem o Tricolor da Dutra. A Tribuna da Bola espera que, em pouco tempo, o modelo do Artsul seja seguido pelos demais clubes do estado.

2 comentários:

Anderson David disse...

Adorei essa matéria do Artsul, muito bem elaborada. Parabéns mais uma vez para a equipe do Tribuna da Bola.

Já estou ancioso para ver o do Duque de Caxias. rs

Abraços

luiz felipe disse...

otima matéria da sempre competente equipe da tribuna da bola.
Leio com prazer e diariamente.