segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Parabéns Rio Branco: 95 anos de alegrias róseo-negras

Uma das mais tradicionais agremiações esportivas do interior fluminense completa 95 anos nesta segunda-feira (05/11). É o Centro Esportivo Rio Branco, de Campos dos Goytacazes, o único clube profissional do Brasil a utilizar a combinação róseo-negra em seu uniforme.

O clube leva o nome do Barão, falecido em 1912, ano de fundação do centro esportivo. O rosa é justificado pela cor das bochechas dos meninos que fundaram o clube. Yayá Linhares, irmã de um dos fundadores, teria sugerido aos meninos que criassem uma camisa que contrastasse com as cores de suas bochechas. Assim surgiu a camisa rosa.

Mas o Rio Branco é muito mais que um clube de cores excêntricas. O clube campista tem uma das melhores divisões de base do estado do Rio de Janeiro e realiza boas campanhas nas competições nacionais que participa há alguns anos.

No futebol profissional, o róseo-negro está na segunda divisão do Rio de Janeiro, mas pediu licença. Oito vezes campeão campista, o clube tem uma torcida que, se não é grande, rivaliza em tamanho com a do Americano.

Apesar disto, o clube tem seus ilustres torcedores, dos quais se pode destacar dois políticos: o ex-Governador e ex-prefeito de Campos, Anthony Garotinho, e o ex-prefeito Arnaldo Viana.


Na galeria de craques, o maior expoente é Didi (foto acima), o inventor da Folha Seca. O jogador foi revelado pelo róseo-negro. O estádio Calabouço continua em construção e ainda não possui arquibancadas, portanto, o róseo-negro vinha mandando jogos em diversos estádios. Passou pelo Ari de Oliveira e Souza, cedido pelo Goytacaz, e mandou jogos também em Cardoso Moreira.

Duas vezes campeão da terceira divisão fluminense (1984 e 2001), o Rio Branco disputou ainda o campeonato brasileiro da terceira divisão, em 2003 e espera voltar à Segundona em 2008.

Nenhum comentário: