sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

Seleção de Benin realiza pré-temporada no Rio de Janeiro

Stéfano Salles . 25.12.07

A seleção de futebol de um dos mais desconhecidos países africanos estará na capital fluminense em janeiro, em preparação para a disputa da fase final da Copa Africana de Nações de Gana, 2008, ao lado de outras 15 equipes. Já há dois amistosos agendados nesta temporada brasileira: em 5 de janeiro a equipe enfrentará o América, no estádio Giulitte Coutinho, em Edson Passos, e dia 13, o Botafogo, no estádio João Havelange, o Engenhão.

Conheça o futebol beninense

O último lugar de seu grupo na disputa das eliminatórias para a Copa da Alemanha, em 2006, já parece ser página virada na história do futebol beninense, mas o 97° lugar no ranking da Fifa, entre 201 seleções, dá a medida do desafio e mostra o quanto o esporte precisa se desenvolver para almejar a inédita classificação para a Copa do Mundo que, em 2010, será disputada no continente. O esporte ainda é incipiente e a carência de atletas é tão grande que, em outubro a confederação de futebol local lançou um apelo em seu site na internet, pedindo que os jogadores beninenses espalhados pelo mundo, interessados em defender a seleção nacional, enviassem seus currículos para avaliação . Os candidatos passaram por um intenso período de testes entre os dias 25 de novembro e 5 de dezembro, em Paris, antes de serem incorporados ao elenco.

A expectativa do desenvolvimento do esporte no país está intimamente relacionada aos investimentos feitos pela Fifa através do projeto Goal, que visa construir as estruturas fundamentais para a prática do futebol em nações com profundos problemas econômicos. A primeira realização do projeto deu-se em 2002, quando foi autorizada a construção de um centro técnico e de uma escola de futebol no país, tudo concluído no verão de 2004. Coincidência ou não, naquela oportunidade o Benin se classificou pela primeira vez para a fase final da Copa Africana de Nações, e agora repete o feito. Na segunda etapa do projeto, a entidade maior do futebol mundial autorizou a construção de uma sede para a Federação Beniense de Futebol.

Pela primeira vez a seleção principal do Benin parece ter uma boa perspectiva de renovação. Em 2005 a equipe sub-20 disputou o mundial da categoria, na Holanda, tendo terminado eliminada na primeira fase por dois gols de saldo, com uma derrota e dois empates. Naquela ocasião, começava a despertar para o futebol mundial Razak Omotoyossi.

Nascido em Lagos, na Nigéria, Omotoyossi foi para o Benin com sua familia bem jovem e lá, descobriu o futebol. O atleta é um dos símbolos da renovação do futebol local, que até bem pouco tempo, contava apenas com o meia Moussa Latoundji (Energie Cottbus, da Alemanha) na galeria dos jogadores de destaque do futebol internacional.

Hoje, Omotoyossi brilha no futebol sueco, ao lado do veterano craque Henrik Larsson, no Helsingborg. Omotoyossi terminou a temporada de 2007 como artilheiro da liga local, tendo balançado as redes 14 vezes na competição e 6 na Taça da UEFA. O atacante de 22 anos deve compor o ataque titular da seleção no mais importante campeonato entre seleções do continente.
Pouco mais de 65 kilometros separam Gana de Benin. Esta curta faixa de terra representa o Togo. O litoral togolês tem apenas 56 kilometros. A pequena distância que separa os dois países é promessa de bom público beninense na festa do futebol africano. Copa Africana de Nações A seleção de Benin está no grupo B, ao lado de Nigéria, Costa do Marfim e Mali. A equipe estreará dia 21 de janeiro, contra o Mali, em Sekondi, no litoral ganês.

Nenhum comentário: